17
Feb

0

Como analisar uma proposta de trabalho?

 

imagem 1

No momento de analisar uma proposta de trabalho, é preciso tomar cuidado para não se enganar: um salário relativamente alto pode ser menos vantajoso do que um outro, mais baixo, se você esquecer algumas variáveis mais sutis. A matemática da remuneração é mais complexa do que parece. O salário é só uma parte do pacote, e em alguns casos nem é a maior parte. Para alguns cargos de nível sênior em grandes empresas, por exemplo, o retorno financeiro que vem pela participação nas ações da companhia é igual ou mesmo superior ao salário em si.

Outros ganhos variáveis, como comissões ou bônus também precisam ser entendidos como uma parte indissociável do cálculo da remuneração na hora de aceitar um emprego. Assim como ocorre com a participação acionária, esses valores são difíceis de prever, porque dependem de variáveis flutuantes.

Não se deve esquecer que os benefícios oferecidos pela empresa são um ingrediente central da contrapartida financeira. O Google, por exemplo, oferece café da manhã, almoço e jantar de graça para o funcionário — o que adiciona pelo menos 10 mil dólares à sua remuneração anual total, descontados os impostos.

É claro que o valor percebido de cada benefício pode variar muito de pessoa para pessoa, como por exemplo, plano de saúde quando se tem família.

A localização da empresa também não pode ser ignorada na hora de analisar uma oferta de emprego. Se você consegue acessar o escritório a pé ou com transporte público, pode evitar gastos com combustível e estacionamento, por exemplo.

Além do dinheiro, é importante analisar o tempo e a energia exigidos para o deslocamento. Mudar de cidade, estado ou país também pode não estar nos seus planos, principalmente se você tem raízes fincadas em algum lugar.

Por fim, vale considerar as “pequenas vantagens”: benefícios que parecem irrelevantes diante de variáveis objetivas como salário, mas que trazem conforto e prazer para o dia a dia. Qual é o valor de ter uma sala de descanso no escritório para tirar uma rápida soneca depois do almoço, por exemplo? A resposta depende de você — e não será obtida com uma calculadora.

 

 

Nenhum comentário